4 razões para você praticar técnicas de Mindfulness

Você sabia que é possível aprender diferentes técnicas de concentração para aprender mais e aumentar a produtividade? Conheça o Mindfulness, um estado mental com alguns tipos de meditação que envolvem atenção plena. Para quem está no processo de aprendizagem, isso também é eficaz e é uma ferramenta para potencializar a educação.

Cada vez mais, a atenção é um recurso importante que precisa ser direcionado para as coisas certas. Entretanto, de acordo com um estudo da Universidade de Harvard, passamos cerca de 47% das horas que estamos acordados com “a cabeça no mundo da lua”.

As técnicas de Mindfulness surgiram no Oriente, mas chegaram ao Ocidente nos anos 1970. Hoje, há inúmeras pesquisas sobre o tema em diferentes áreas como a saúde e a educação. Estas técnicas determinam o ato de parar e estar presente, o oposto do estado mental “automático” que nos guia diariamente em meio à correria do cotidiano.

Já falamos aqui no blog sobre como sentir familiaridade na escola é importante para aprender com mais qualidade, agora, conversaremos sobre os benefícios da atenção plena para jovens (e adultos!).

Saiba agora 4 razões para você começar a praticar ou procurar um instrutor preparado para isso:

1- Reduza o estresse

O estresse no ambiente escolar pode diminuir a atividade na área do cérebro responsável pelo pensamento consciente, enquanto aumenta a atividade nas regiões que ativam respostas ao estresse.

De acordo com pesquisadores da Universidade de Canergie Mellon, a prática do mindfulness pode ajudar com o estresse. As técnicas podem inverter esses padrões até mesmo em períodos que a pessoa não está meditando, o que reduz os níveis (e, consequentemente, os efeitos) do estresse no corpo.

2- Diminua o risco de desenvolver transtornos psicológicos e padrões negativos de comportamento.

Muitos transtornos psicológicos podem vir do estresse: a depressão, ansiedade e, até mesmo, a síndrome do pânico. Para diminuir os sintomas e desenvolvimento dessas doenças, alguns psiquiatras utilizaram o Mindfulness para melhorar os resultados. Nas pesquisas realizadas pela Divisão de Medicina Preventiva da Universidade de Massachusetts, aqueles que persistiram continuaram tendo resultados positivos.

Além disso, é possível também fazer o cérebro controlar melhor o processamento da dor e das emoções. Um estudo sobre isso mostra que a prática altera o controle de ritmos alfa corticais, que desempenham papel fundamental sobre quais sentidos físicos as nossas mentes estarão atentas.

3- Melhore seu sono

Dormir e acordar cansado é muito chato, não é? Com o mindfulness é possível melhorar a qualidade do sono e diminuir a atividade cognitiva antes da hora de dormir. Assim, você acorda mais descansado e mais disposto para novas atividades e aprendizados.

4- Pratique a auto-observação

A prática do conhecimento pessoal, ou seja, a auto-observação de nós mesmos, faz com que a nossa percepção individual aconteça de duas formas:

Incentiva a aceitação de nossas características pessoais e proporciona o conhecimento de pontos-cegos da nossa personalidade. Se você começa a enxergar a si mesmo, a compreensão total torna mais fácil reconhecer nossas qualidades e a aceitar características que poderiam ser “obstáculos”. Assim, podemos tomar decisões de maneira mais eficiente: como a escolha do curso que irá fazer na faculdade ou da carreira que seguirá profissionalmente.

Atenção: antes de praticar quaisquer técnicas de mindfulness disponíveis na internet, consulte um instrutor habilitado que vai acompanhar você. A prática de atenção plena por conta própria é contraindicado em casos de depressão aguda e/ou esquizofrenia. Portanto, busque orientações antes de começar!

Fonte: Guia do Estudante

Gostou de saber essas curiosidades sobre o Mindfulness? Compartilhe!

Saiba mais sobre o Eficácia! Entre em contato, explore o nosso site ou siga-nos pelas redes sociais!

📞 (84) 3653-9787
📍 Endereço: Rua Bom Pastor, 117 – Bom Pastor, Natal – RN, 59062-257
👋 Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *