Educação moderna e adaptabilidade

Um dos valores mais importantes durante a pandemia do novo coronavírus foi a adaptabilidade. Escritórios mudaram suas rotinas e adotaram o home office, a produção de conteúdo se voltou para a internet com as lives e as escolas adotaram de maneira provisória a educação a distância (EAD).

Porém, além do conceito de aulas digitais, professores no chat e atividades de casa diferenciadas, há uma noção que, daqui pra frente, muitas possibilidades de ensino alternativas estão ao nosso alcance.

Além dos valores tradicionais

A missão do Eficácia Colégio e Curso é formar cidadãos éticos e responsáveis socialmente construindo uma sociedade mais justa, por meio de uma educação de excelência. Parte do caminho para trazer os jovens para um ensino interessante e com engajamento é trazer a tecnologia para o dia a dia escolar.

Reconhecemos a importância de evoluir com valores tradicionais que estimulem o senso de cidadania e respeito. 

Quando juntamos o “recorrente” ao moderno, é possível ensinar sobre responsabilidade digital, as necessidades éticas do futuro, como a robótica pode ajudar a solucionar problemas sociais e evoluir a acessibilidade e muito mais.

Duas crianças com uniforme do Eficácia (um menino e uma menina) interagem com um robô branco e azul utilizado, normalmente, em aulas de robótica educacional.

Pensando no futuro

Esta é uma estratégia de ensino que vai além do habitual. Adaptar-se às novas realidades é, também, antever o futuro. Como será o ensino no futuro? Como integrar as novas tecnologias (e as que estão por vir) para potencializar o processo educacional?

Estas perguntas não contém respostas objetivas, mas provocam o pensamento crítico tanto de gestores quanto de professores.

Imagine só um exemplo hipotético: algumas crianças são muito tímidas e não costumam fazer perguntas em sala de aula. E se, em um futuro próximo, elas pudessem sanar suas dúvidas simples com uma inteligência artificial preparada para o ambiente da escola?

O papel do professor e do educador continua fundamental, mas como a tecnologia pode dar uma “forcinha extra” no processo? Vale a reflexão.

Benefícios para os alunos

As crianças de hoje, diferente dos adultos, já nascem e crescem conhecendo os limites e possibilidades de um smartphone, tablet ou aplicativo. Utilizar esses meios a favor da educação parece ser uma tarefa difícil, mas é possível.

Existem hoje inúmeros aplicativos que ajudam com a concentração, com aprendizados mais ágeis e ainda mais didáticos que aqueles nos livros didáticos. Esta ainda não é uma realidade absoluta, mas pode ser um dia. E quando esse dia chegar, é essencial que a escola esteja aberta para as novas possibilidades.

Quanto a isso, você pode contar com Eficácia.


Gostou dessa discussão? Deixe a sua opinião nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *